domingo, 27 de maio de 2018

Ipiaú: ACM é o destaque da 5ª rodada do Campeonato Municipal

Cidreira e Alto da Carolina fizeram um jogo bem movimentado, com quatro gols.
(Fotos: GIRO/Romário Henderson)
O Campeonato da Cidade está se afunilando e cada rodada tem sido decisiva. A quinta rodada foi disputada na tarde de domingo (27), no estádio municipal Pedro Caetano, para um público baixo. No jogo inicial, Alto da Carolina e Cidreira fizeram um jogo bem movimentado, com quatro gols.  O destaque do jogo foi o atacante Fofão, da Cidreira, autor de dois gols. A Cidreira vencia o jogo até o finalzinho, quando em lance polêmico, o árbitro assinalou pênalti para o Alto da Carolina, que marcou o gol de empate, 2 a 2. Os jogadores da Cidreira pressionaram o árbitro, reclamando muito, e o mesmo precisou do apoio de seus auxiliares para evitar maiores problemas.
Presença de policiais militares na partida.
Esse fato levanta uma questão: os árbitros não podem ser tão expostos da forma como foram, e em ocasiões semelhantes, faz-se necessária a presença policial na parte de dentro do campo. A propósito, nenhuma partida deve ser iniciada sem, por exemplo, a presença de seguranças ou policiais para assegurar a integridade física dos árbitros, atletas e torcedores. O diretor de esporte do município, informou que os jogos do Campeonato da Cidade são acompanhados por policiais militares. O resultado final da partida entre Alto da Carolina e Cidreira foi péssimo para as duas equipes, que seguem sem vencer, somando apenas 02 pontos.
ACM e veteranos do Avenida fizeram o segundo jogo da rodada (Foto: GIRO/Romário Henderson)
No segundo duelo do dia, a jovem equipe do ACM venceu os veteranos da Avenida por 2 a 0. No primeiro tempo a Avenida foi melhor, criou boas chances, levou muito perigo pelo lado direito, por meio do lateral Seca, que fez ótima partida. Já o segundo tempo foi do ACM, que foi eficiente nas chances encontradas e venceu a sua segunda partida. Agora, o ACM soma 06 pontos e a Avenida permanece com 02 pontos, em situação crítica. (Giro/Romário Henderson)