quarta-feira, 13 de junho de 2018

Ipiaú, Itagibá e Ibirataia estão em risco de surto de dengue, zika e chikungunya

Os dados fazem parte de um levantamento do Ministério da Saúde.
Um novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2018, divulgado no site do Ministério da Saúde, aponta que 320 cidades baianas estão em situação de alerta ou risco de surto de dengue, zika e chikungunya no estado da Bahia. Desse total, 142 estão em risco de surto das doenças, entre eles os municípios de Ipiaú com nível de 4,8; Ibirataia com nível de 4,0 e Itagibá com 6,9. Jequié aparece na lista de risco com nível de 7,5 (ver levantamento). Outros 178 aparecem em alerta e 95 estão em situação satisfatória. No país, o levantamento indica que 1.153 municípios brasileiros (22%) apresentaram um alto índice de infestação, com risco de surto para dengue, zika e chikungunya. O Ministério da Saúde alerta a necessidade de intensificar as ações de combate ao Aedes aegypti, mesmo durante o outono e inverno, em todo o país. “O resultado do levantamento indica que é necessário dar mais atenção nas ações de combate ao mosquito. A prevenção não pode ser interrompida, mesmo no período mais frio do ano”, alertou o secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Osnei Okumoto.