terça-feira, 5 de junho de 2018

Ipiaú: Polícia Civil divulga elucidação de duplo homicídio registrado em 2016

As duas vítimas chegaram a ser socorridas por populares, mas não resistiram (Foto: Arquivo/GIRO)
O delegado da Polícia Civil de Ipiaú, Dr. Rodrigo Fernando, divulgou na noite dessa segunda-feira (04), a elucidação de um duplo homicídio registrado em Ipiaú no dia 21 de julho de 2016, quando dois homens morreram após serem baleados na praça do Cruzeiro. Rogério da Silva de Santos, 32, apelidado de “Casca” e Antônio Carlos Silva de Jesus, 28, apelidado de “Tripa”, foram atingidos por disparos de arma de fogo enquanto estavam sentados na praça (ver aqui). Eles chegaram a ser socorridos por populares até o Hospital Geral de Ipiaú, mas acabaram morrendo na unidade hospitalar. Conforme o delegado, as investigações apontam que autor do crime foi Jerbson Souza de Deus, apelidado de 'Laion'.
Jerbson, apontado como o autor do duplo homicídio, morreu em confronto com a PM.
"A motivação foi em virtude de uma briga que ocorreu em um clube, onde Antônio Carlos trabalhava como segurança. Briga esta, que envolveu Laion e outra pessoa, sendo que com o intuito de apartar a briga, Antônio Carlos teria agredido Laion", contou o delegado. Ainda conforme informou a autoridade policial, Laion era integrante de uma facção criminosa e foi morto em confronto com policiais militares em julho daquele mesmo ano (ver aqui). Ele também era suspeito de assaltar uma casa lotérica na cidade. "É importante frisar que Antônio Carlos era o verdadeiro alvo, que Rogério Silva morreu por está no lugar errado e na hora errada, pois foi atingido por disparos de arma de fogo sem ter nada a ver com o caso", completou o delegado Rodrigo Fernando. (Giro Ipiaú)