sexta-feira, 8 de junho de 2018

Bahia: Mulher é condenada a 13 anos de prisão por matar suposta amante do marido

Girlande Venancia estava presa desde 2016. Foto: TV Subaé
Uma mulher de 40 anos foi condenada, nesta quinta-feira (7), a 13 anos e seis meses de prisão por ter matado a facadas a amante do marido na cidade de Feira de Santana. Conforme o G1, Girlande Venancia Leite, que já estava presa desde junho de 2016, quando ocorreu o crime, terá de cumprir a pena em regime fechado. O julgamento dela ocorreu no Fórum Filinto Bastos. De acordo com a investigação, Girlande descobriu que seu companheiro, com quem convivia há oito anos, estaria tendo um relacionamento com a vítima, Gleith de Almeida Gaudêncio Silva Araújo. Dois dias antes do crime, ela teria flagrado os dois juntos em um bar, se beijando. Depois, seguiu os dois até o endereço onde ficava a residência da vítima, localizada no bairro Feira IX. No dia 25 de junho de 2016, retornou ao endereço, segundo a investigação, já com intenção de matar a amante do companheiro. Girlande, segundo a polícia, levou três facas dentro de uma bolsa e usou uma delas para matar a mulher. 

Para entrar na casa de Gleith, Girlande disse que era irmã do companheiro e que estaria no local, a pedido dele, para entregar algumas peças de roupa. Na ocasião, segundo a polícia, entregou uma camisa, uma bermuda e uma cueca. Gleith estava em casa com uma filha, mas, segundo a investigação, para facilitar a empreitada, Girlande pediu que a menina fosse até uma padaria comprar pão para elas. Depois, quando a menina já tinha saído, Girlande aproveitou que Gleith estava de costas, fazendo um café para que pudessem tomar, para desferir uma facada no pescoço da vítima. Em seguida, segundo a polícia, Gleith saiu correndo e pedindo socorro. Um vizinho a socorreu e ainda conseguiu segurar a suspeita até a chegada da Polícia Militar. Girlande foi presa em flagrante. A vítima não resistiu aos ferimenos e morreu ainda no local.