quarta-feira, 11 de julho de 2018

Produção industrial baiana registra recuo de 15%, terceiro maior do país

O resultado de maio e abril foi o terceiro pior para a indústria baiana.
Descontados os efeitos sazonais, a produção industrial na Bahia recuou 15% em maio, em comparação com abril. Esta foi a terceira maior queda registrada dentre os 15 estados pesquisados pelo IBGE. O resultado representa uma retração mais intensa que a nacional, que foi de 11%. O resultado de maio e abril foi o terceiro pior para a indústria baiana, na comparação com ajuste sazonal, desde que foi iniciada a nova série da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE, em janeiro de 2002. Ficou acima apenas das retrações de novembro de 2003 (-18%) e abril de 2009 (-17%). Frente a abril, a produção industrial caiu em 14 das 15 áreas investigadas pelo IBGE.