Brasil: Adolescente mata a mãe com a ajuda do namorado


O casal matou a vítima e depois tocou fogo no corpo.
 
A adolescente de 17 anos que confessou ter assassinado a mãe pratica muay thai e usou um golpe de artes marciais chamado de mata-leão para matá-la, enforcando a vítima dentro de casa em Cachambi, no subúrbio do Rio de Janeiro, na madrugada do dia 25 de maio, segundo informações da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Depois, ela chamou o namorado, que a ajudou a retirar o corpo da casa e queimá-lo. O namorado, Daniel Duarte Peixoto, de 21 anos, conta que os dois haviam planejado que a adolescente mataria a mãe e depois a vestiria com a roupa do trabalho. Segundo ele, foi a própria jovem quem acendeu o fósforo para queimar o corpo da mãe. Segundo o depoimento dele, os dois aguardaram até que o corpo pegasse fogo antes de ir embora. Imagens de câmeras de segurança mostram quando o casal foi até um posto comprar a gasolina que usaram para queimar o corpo da vítima. Nesse momento, o corpo de Adriana Moura de Rocha Miranda, 43 anos, estava no banco de trás do carro. Ela havia sido estrangula cerca de três horas antes. Já com o combustível, os dois vão até um terreno em Duque de Caxias, onde queimam o corpo.