‘Gordinhos’ se divorciam menos, diz estudo


O jornal “Daily Mail” publicou uma pesquisa que diz que pessoas acima do peso tendem a se divorciar menos que os considerados “em forma”. Segundo o estudo, as pessoas que tem o peso “normal” têm três vezes mais chances de encerrar o casamento, de acordo com o serviço online de divórcio “Mydivorcepapers.com”. O site informa que, entre 2.708 casos de separação, 2.054 envolviam pessoas magras, aproximadamente 76% do total. Na mesma lista, as que estão com sobrepeso representaram 18,21% dos casos, e as acima do peso, somente 5%. 
Segundo a pesquisa, os relacionamentos são a principal causa de ganho de peso dos casais, o que supera a alimentação “junkie food” (rápidas e gordurosas), falta de exercício e festas de fim de ano. Uma pesquisa patrocinada pela “Diet Chef” endossa a avaliação quando diz que 60% das pessoas engordam quando estão em um relacionamento feliz. A explicação é que, com o relacionamento, os parceiros tendem a repetir hábitos do parceiro, como comer a mesma quantidade e diminuir a atividade física. O levantamento diz que 30% afirmam que a principal atividade que fazem juntos é assistir à televisão, 20% dos casais admitem que saem para jantar no mesmo lugar. Informações da Folha.