Polícia procura ciganos acusados de homicídios em Barra do Rocha


Os irmãos Fiuza estão foragidos.
A justiça já expediu o mandado de prisão preventiva contra os
irmãos Joelson Fiuza Barreto e Uelton Fiuza Barreto. De acordo com as
investigações do delegado Cristiano Mangueira, além dos irmãos, a esposa de
Joelson também teria participado do crime. Os três são apontados como os
principais autores dos homicídios de Elder Moraes e Vilson Miranda Rodrigues,
ocorrido no dia 22 de setembro, no Bairro Aloísio Galvão, em Barra do Rocha. Na
ocasião as vítimas foram assassinadas com diversos tiros disparados por um grupo
de ciganos que fugiu em seguida(ver matéria).
Elder e Vilson foram assassinados por um grupo de ciganos.
Os envolvidos se apresentaram
dias depois à polícia, mas como não estavam mais no flagrante, foram ouvidos e
liberados. A polícia já realizou buscas pelos acusados na região, mas nenhum
deles foi localizado. Fotos dos irmãos Fiuza foram divulgadas pela polícia com
o intuito da população denunciar o paradeiro dos ciganos. “A gente sentiu
muitas dificuldades no colhimento das provas testemunhais. Muitas pessoas viram
o crime, mas estão com medo de falar, pois se sentem ameaçadas pelos ciganos”,
disse o delegado à reportagem do Giro. Qualquer informação sobre a localização
dos acusados deve ser comunicada à polícia local, ou através do telefone do
Complexo Policial de Ipiaú, (73) 3531-6910. A identidade da pessoa será mantida
em sigilo. (Giro em Ipiaú)