Juiz foi vítima de sequestro relâmpago em Conquista


Um juiz foi vítima de sequestro relâmpago em Vitória da Conquista. José Sebastião Lopes, entrevistado pelo G1, na tarde desta segunda-feira (6), relatou que viveu duas horas de terror, sob o poder de quatro criminosos. O crime ocorreu no dia 23 de dezembro, mas só agora divulgado. O juiz, que é titular da 1ª Vara de Trabalho do município, narra que foi abordado por dois homens armados, por volta das 19h30, quando deixava o estacionamento de um supermercado, no bairro Candeias. Retirado da direção do veículo e levado para o banco do carona, o juiz diz que circulou pela cidade por um período de 40 minutos, até ser levado para outro automóvel. “Neste período, fizeram muito terror psicológico. Diziam, a todo o momento, que se eu olhasse para o rosto de algum deles, eu iria morrer. Que se eu não atendesse a todos os comandos, eles me matariam”, lembra o juiz. Levado para o segundo veículo, desta vez com a cabeça encapuzada, o magistrado disse que se deparou com mais dois criminosos. Após um período de uma hora e meia circulando por diversos bairros do município, lembra o juiz, os quatro sequestradores pediram os cartões de crédito e as senhas. “Sob a ameaça de morte, entreguei os cartões. Dois deles desceram do carro e sacaram todo o valor do limite. Antes, pegaram o meu celular”, relata. Com o dinheiro em mãos, os criminosos largaram a vítima no bairro de Camboja, na periferia de Vitória da Conquista, por volta das 22h. “Uma experiência dessas, com certeza, altera a nossa rotina. Infelizmente é muito difícil impedir que coisas como essas ocorram. Quando os bandidos querem assaltar, assaltam mesmo. Só Deus para nos livrar. Moro aqui há 12 anos e nunca tinha passado por uma experiência dessas”, desabafa o juiz. A denúncia do sequestro foi registrada na delegacia local, mas nenhum dos criminosos foi preso até o final da tarde desta segunda-feira. Além do dinheiro sacado das contas bancárias, os sequestradores também roubaram o veículo do juiz.