Briga pela artilharia agita reta final do Intermunicipal

Pim, atacante de Euclides da Cunha, um dos artilheiros (Foto: Reprodução)
O Campeonato Intermunicipal de Futebol 2017 está se afunilando e agora conta com 08 seleções, que nesse fim de semana farão os jogos de ida das quartas de final. Além da expectativa dos confrontos, um fator interessante que agita essa retal final é a briga pela artilharia, que segue indefinida, equilibrada e muito disputada. Para se ter uma ideia, após 12 rodadas, três jogadores estão empatados com 10 gols, são eles: Pim, da seleção de Euclides da Cunha; Vinícius, da seleção de Guanambi; e Tiuí, da seleção de Itabela. Desses, o mais desfavorecido é Vinícius, já que sua seleção está eliminada. Atrás deles, também na briga pela chuteira de ouro, estão Marcelo Humberto, da seleção de Cachoeira, e Eid, da seleção de Camamu, com 09 gols. E com 08 gols marcados e ainda vivos na disputa, estão Rafael, da seleção de Eunápolis, Jeas de Porto Seguro, e Netinho da seleção de Santo Amaro. Até aqui, foram disputadas 288 partidas, onde foram marcados 616 gols, o que dá uma média de 2,13 gols por jogo. (GIRO/Romário Henderson)