"Esse é o pior momento da história do municipalismo”, avalia prefeito de Jequié

O prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira (PSB) participou da marcha que levou mais de 300 gestores ao CAB na manhã desta quinta-feira (26). Em entrevista ao Bocão News, ele disse que esse “é o pior momento da história do municipalismo”. “Chegou ao limite, o Ministério Público, a Justiça Federal, todos em cima dos prefeitos, quando na realidade a União e o Estado retiram parcelas de suas responsabilidades e repassam aos municípios. As reivindicações aqui são essenciais para que possamos terminar o mandato”, assinalou. Na avaliação do gestor, “é um absurdo os programas federais incidirem diretamente sobre a folha de pessoal”. “É uma disparidade muito grande. Quando a queda de receita acontece, não temos condições de manter a mesma estrutura. Se não tivermos um horizonte, vamos demitir muita gente e fechar vários serviços porque no final são as contas dos prefeitos que são rejeitadas”, acrescentou.