Saída temporária: especialistas reconhecem que avaliação psicológica não é eficaz

A Bahia possui atualmente 15 mil internos no sistema prisional.
A saída temporária é um benefício dos presidiários, previsto na Lei 7.210/84, que cumprem pena em regime semiaberto e com bom comportamento. Eles poderão obter autorização para a saída do presídio, sem vigilância direta, após passar por uma avaliação psicológica. A Bahia possui atualmente 15 mil internos no sistema prisional, metade dessa população carcerária está condenada. No Natal, alguns apenados são beneficiados com a saída temporária, mas o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do estado da Bahia (Seap), procurados pela reportagem, não souberam informar o números de presos que estarão nas ruas durante os festejos de fim de ano. Leia mais no Bocão