Integrantes de quadrilha que extorquia comerciantes em Itamarati e realizava assaltos na região são mortos em Operação Policial

Bruno, Júnior Pedreiro, Del e mais um suspeito foram mortos em ação policial na noite dessa quarta (21) 
Operação ‘Rodotec’, deflagrada nesta quarta-feira (21) pela 61ª CIPM/Ubaitaba, 22ª CIPM/Lauro de Freitas, 91ª CIPM/Capim Grosso, Polícia Federal, Cipe Cacaueira, Cipe Central e 7ª Coorpin desarticulou uma quadrilha especializada em extorsão, assalto a agências bancárias e veículos nos municípios de Ibirapitanga, Igrapiúna e Camamu. A quadrilha, de acordo com informações da Polícia, era chefiada por um bandido conhecido como ‘Bruno Igrapiúna'. Ele é acusado de liderar o bando e praticar ataques a comerciantes ao passo que exigia vultuosas quantias e bens sob ameaça de morte aos que se recusassem a atender às exigências. O bandido ainda era acusado de liderar uma facção que atuava no tráfico de drogas e roubo de cargas. Em Itamarati, distrito de Ibirapitanga, um suspeito identificado como ‘Júnior Pedreiro’, integrante da quadrilha, foi morto em troca de tiros após reagir a abordagem da Polícia. Em ação continua, um outro integrante do bando, identificado como Davidson Santana, vulgo Dedê’, foi morto no Bairro Malvinas também após reagir a abordagem policial. Com os bandidos foram encontrados revólveres. A dupla chegou a ser socorrida ao Hospital Municipal de Ibirapitanga, mas não resistiu aos ferimentos e acabou indo a óbito. 

Somente em Itamarati, a estimativa é que a quadrilha tenha praticado extorsões que superam a cifra de R$ 200 mil reais. Há relatos de comerciantes que fugiram do distrito por medo das ameaças da quadrilha, que atuava de maneira organizada e com diversos membros. Em Simões Filho, também nesta quarta-feira (21), após informações colhidas, a Polícia descobriu que Bruno, líder da quadrilha, estava no município onde planejava um assalto a uma instituição financeira e que estaria planejando se reunir com membros da quadrilha às 19h.  A Polícia foi até o local indicado e ao perceber a presença das guarnições, os bandidos tentaram empreender fuga num veículo e atiraram contra a Polícia, que revidou. Bruno e seus comparsas colidiram o veículo e tentaram fugir. O quarto integrante da quadrilha, identificado como  'Del de Igrapiúna', foi morto em confronto com a polícia na cidade de Capim Grosso. *Com informações do Ubatã Notícas