Veja os destaques da Coluna Na Mira da Política dessa semana

Cleraldo e Coronel
O deputado Ângelo Coronel-PSD-, atual Presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, foi um dos maiores apoiadores da candidatura do empresário Cleraldo Andrade-DEM-, à Prefeitura de Ipiaú. Ele esteve em diversos momentos da campanha e lamentou que seu amigo não tivesse logrado o êxito desejado. Agora existe a possibilidade de Coronel concorrer ao Senado na chapa de Rui Costa e  assim ele fica na expectativa de receber o apoio de Cleraldo.

Acontece que a candidatura de Coronel, ao Senado, é uma possibilidade, não uma certeza. O seu nome poderá constar, ou não, na chapa majoritária do governador Rui Costa, mas ele assegura que está em forma e pronto para entrar em campo, entretanto admite que  a decisão é de quem escala o time.  Fazendo uma correlação com o futebol Coronel disse: “Mesmo se não jogar, ficarei no banco, trabalhando pela reeleição do governador Rui Costa”. Nesse contexto Cleraldo ficará bem mais à vontade para trabalhar a candidatura de ACM Neto, caso o jovem líder do DEM encare a disputa pelo governo da Bahia.

Fite adverte: "2018 será de mais cobranças"
Em seu pronunciamento na Sessão Solene de abertura do novo período de trabalhos da Câmara, o vereador Emerson Fite -PMDB- avisou que 2018 será um ano de mais cobranças e fiscalização. Na oportunidade ele advertiu: ”Vereador foi eleito para fiscalizar, cobrar e ajudar o povo e não ficar passando a mão na cabeça  de prefeito”.

Jogando a toalha
No box e outros esportes de combate, a expressão “Jogar a toalha” significa que  estão solicitando ao árbitro que interrompa a luta. Na política parece não ser diferente. Os vereadores Jô da AABB (PP) e Lucas de Vavá (PSD) manifestaram intenção de “jogar a toalha”. Jô renunciando a condição de “Líder do Governo na Câmara”, enquanto Lucas mostra-se frustrado com a própria atuação parlamentar. Desiludido com o mandato que lhe foi outorgado pelo voto popular, Lucas disse que a comunidade muito tem cobrado e pouco ele tem como atendê-la, já que não detém o poder de executar.

Para agravar a situação, as cobranças se estendem com pedidos de pagamentos de contas de luz, água, telefone, doações de sacos de cimento, blocos e outros materiais de construção, além de remédios e  até cestas básicas. Ao concluir seu raciocínio Lucas de Vavá afirmou: “Quando eu fui eleito, pensei  que ia fazer muito pelo povo e agora estou vendo que vereador não pode fazer nada”.

Prefeitura esclarece erro do sistema eletrônico
A Prefeitura de Ipiaú, por meio da Secretaria de Governo, esclarece que as informações divulgadas nas redes sociais, sobre valores não correspondentes a salários pagos aos servidores efetivos Everaldo Lourenço da Paz (Técnico de Enfermagem) e Ellen Maynart Cunha Souza (Enfermeira), decorreram de erro do sistema eletrônico, ao procedimento de exportação dos dados. Desta forma, cumprindo com o dever da transparência, e exato esclarecimento do fato, vem informar que as quantias lançadas no sistema do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) não foram pagas. “Todas as informações de pagamentos realizados pela Prefeitura estão disponíveis para consulta no setor financeiro, bem como, no Portal da Cidadania. “Contamos com o apoio da imprensa para divulgação desta nota, restabelecendo-se a verdade dos fatos e nos colocamos à disposição de todos para quaisquer esclarecimentos”, conclui a nota oficial.

Direita Ipiaú
E eis que surge um movimento intitulado “Direita Ipiaú”. Seus  militantes estão no maior entusiasmo com a pré candidatura do deputado Jair Bolsonaro, para a Presidência da República. Até outdoor já afixaram na cidade em apoio presidenciável. A placa traz uma foto de Bolsonaro com os seguintes dizeres: “Brasil acima de Todos, Deus acima de tudo”. O grupo também apóia a candidatura da professora Dayane Pimentel para deputada federal.

'Gentileza' de Baianão

O popular “Baianão”, é uma das principais personalidades folclóricas de Jequié. Carismático, grandão, boa praça, entrou na história da cidade por protagonizar episódios  irreverentes junto à políticos influentes. Contam que certa feita, numa cerimônia na Casa Paroquial, uma famosa Primeira Dama pisou em falso e o salto alto do seu sapato desprendeu-se. Solicito, como todo fiel escudeiro, “Baianão" prontificou-se a resolver o problema. Correu até a tenda de sapateiro mais próxima e minutos depois já entregava o calçado com o salto reposto.  A esposa da grande liderança oligárquica, cheia de gratidão,  perguntou o preço do serviço.  Prontamente, “Baianão”, desdobrando-se em estúpida gentileza, com a inocência  dos que não medem as palavras, respondeu :-  Vai tomar no c... dona D... A senhora acha que eu vou lhe cobrar por uma merda dessa?

O empresário e ex-prefeito Waldomiro Borges, contando com a segurança de “Baianão”, foi prestigiar a festa de  São Roque, padroeiro do distrito de  Itajurú.  Estavam na base da escadaria da Igreja  enquanto uma mulher que lhe fazia oposição subia  os degraus ajoelhada. Quando estava perto do topo, a mulher desequilibrou-se e veio rolando escada abaixo. Sempre atento, “Baianão”, presenciou o acidente e perguntou: Segura Chefe! Seu Waldomiro olhou e respondeu:  “segula não Baia, deve ser plomessa...

Polarizadas e Pulverizadas
Na coluna “Tempo Presente”, do jornal A Tarde, o jornalista Levi Vasconcelos fez o seguinte comentário: - O sinal cabal de um navio estar indo a pique é quando os ratos (charge) que habitam os porões começam a pular fora. Eis a questão: do navio de Rui ninguém pula. Mas, tem um porém: pular para onde, se ACM Neto, o principal líder da oposição na Bahia, também está no oceano em busca de um porto?

Na Bahia, nos últimos tempos, campanhas eleitorais sempre foram polarizadas; antes o carlismo contra o resto, hoje os petistas contra a herança carlista. Na área federal , a direita e os camaleões de palácio (que avermelharam na era petista) faziam o embate contra uma esquerda pulverizada.  Hoje, temos uma esquerda quase toda desacreditada pelas falcatruas que o PT cometeu em nome de um projeto de poder e uma direita que derrubou os petistas, mas também está mergulhada (ou naufragada) no oceano da corrupção-.

Bolas de Ibrahim
“Nada se cria, tudo se copia”, diria o velho guerreiro Abelardo Barbosa (Chacrinha). Ibrahim Sued, celebre colunista social brasileiro, cunhou "bordões como "De leve", "Sorry periferia", "Depois eu conto", "Bola Branca", "Bola Preta", " Vou em frente", "Os cães ladram e a caravana passa", "Olho vivo, que cavalo não desce escada", dentre outros que se tornaram marcantes. Inspirado no estilo dos colunistas norte americanos, ele começou a publicar pequena notas políticas, comentários sobre personagens da alta sociedade e conselhos de etiqueta. Essa fórmula tornou-se sucesso, sendo amplamente utilizada até aos nossos dias. Agora tem setor da mídia ipiauense utilizando as expressões suedianas. Coisa de quem foi seu leitor e recorre a pseudônimos. Parabéns pela criatividade.

Frases
Do jornalista Bob Fernandes: Um governo cercado por acusações de incontáveis casos de corrupção cria Intervenção militar para...combater o crime organizado.Mais uma gambiarra com verniz de legalidade. Um general-interventor, tropas e tanques para comunidades onde faltam exatamente... o Estado e seus serviços.  *A Coluna Na Mira da Política é produzida pelo jornalista José Américo Castro