Ao infartar, muita mulher não sente dor no peito; saiba outros sinais

Do Blog da Lúcia Helena
Esqueça. Por favor, esqueça completamente a ideia fixa de que só está infartando quem se sente fulminado de dor no peito, de preferência acompanhada por aquele formigamento no braço esquerdo. Isso pode até ser verdade para muitos homens, diria a maior parte deles. Mas apenas o coração de uma minoria de mulheres reclama desse jeito quando elas estão infartando. E aí é que está o problema: muita gente não escuta o peito feminino quando ele se encontra em apuros. Para sete em cada 10 mulheres, maioria absoluta, o infarto dá outras bandeiras. O enjoo forte que parece apertar a boca do estômago é uma delas. Não raro, a criatura bota tudo o que mal acabou de comer para fora. Alguma dor? Sim, a dor é até frequente. Mas contrai as costas. E a luta contra o cansaço físico é sem trégua. Tudo se confunde com uma refeição que caiu mal, com o esgotamento após um dia de sobressaltos entre o trabalho e outras trabalheiras com casa e filhos. A contração dolorosa dos músculos entre as omoplatas — sabe, ali, onde os anjos teriam asas? — passa por mera tensão. Por causa dos sintomas tão diferentes daqueles que a gente associaria a um coração encrencado, um infarto assim, quase esquisito, se mantém despercebido. E esse período em que permanece ignorado, extrapolando o tempo ideal de duas horas para alguém ser socorrido e ter ótimas chances de se recuperar, costuma ser fatal. Leia mais...