Professores de Itabuna entram em greve por tempo indeterminado

Professores de Itabuna entram em greve após falta de pagamento (Foto: Divulgação/Simpi)
Os professores da rede municipal de ensino de Itabuna, entraram em greve na manhã desta sexta-feira (9), três dias após o início do ano letivo de 2018 no município. Segundo o Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna (Simpi), a categoria reivindica pagamento das férias e do vale transporte, que segundo a entidade está atrasado. Em protesto, os professores se reuniram nesta manhã, porta do Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (Imeam), uma das maiores escolas da rede na cidade. Com cartazes e faixas nas mãos, os professores cobram a quitação das dívidas da prefeitura com a categoria. O G1 tentou falar com a assessoria da prefeitura de Itabuna, mas não conseguiu contato até a publicação desta reportagem. A cidade possui 93 escolas municipais, com 20 mil vagas disponíveis. Até a última quinta-feira (1º), cerca de 17 mil estudantes estavam matriculados. A rede possui 1.350 professores.