Suspeito de balear tenente da PM é morto em confronto

PMs fazem buscas por suspeitos em área de mata (Foto: Divulgação/SSP)
O homem que atirou em um tenente da Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (16) em Maragogipe, Recôncavo baiano, morreu horas depois em confronto com policiais. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o traficante conhecido como Júnior de Nalvinha estava escondido em um imóvel e reagiu a uma abordagem policial atirando. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O tenente baleado, que não teve o nome divulgado, passou por uma cirurgia, e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Santo Antônio de Jesus, também no Recôncavo, e o estado de saúde dele é estável, de acordo com a assessoria da Polícia Militar. "Os Departamentos de Saúde (DS) e de Promoção Social (DPS) da PM estão acompanhando o caso, e dando apoio a família do policial militar", informou a corporação, em nota. Mais cedo, a polícia havia informado que o tenente não teve nenhum órgão atingido e que ele não corria risco de morte. Lotado na Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Litoral Norte, ele foi atingido durante uma operação de combate ao tráfico de drogas em Maragogipe por volta das 8h desta segunda. *CORREIO