Criança agredida por mãe e padrasto em Porto Seguro tem morte confirmada

domingo, agosto 05, 2018
Suspeitos das agressões estão presos (Fotos: Reprodução/Ubaitaba Urgente)
Gabriel Santos da Silva, de três anos, agredido pela mãe e pelo padrasto, teve morte confirmada pela equipe médica do Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, na tarde de sexta-feira (03). O corpo foi necropsiado no Instituto Médico Legal e já foi liberado para velório e enterro. A criança deu entrada no hospital na noite último domingo (29), com traumatismo craniano e em coma. Anderson Avelino dos Santos e Jamile Jesus dos Santos, de 23 anos, foram presos no mesmo dia. Segundo o delegado Felipe Martins, o casal foi indiciado por tortura qualificada pelo resultado de morte. Os dois já foram ouvidos em audiência de custódia na Justiça de Porto Seguro, que manteve a decretação da prisão preventiva. 

Anderson Avelino foi encaminhado para o presídio de Eunápolis. Jamile aguarda transferência para uma ala feminina no conjunto penal de Teixeira de Freitas. Antes de levar a criança para uma unidade de saúde, o casal combinou uma versão para apresentar à polícia. "Eles disseram que deixaram a criança com um tio durante a noite e que a criança já foi entregue desacordada. Fomos desconstruindo essa versão, pois o suposto tio, sequer, existe", afirma o delegado. Jamile possui outros seis filhos. Apenas dois deles - gêmeos - são do relacionamento com Anderson. As crianças estão com familiares. Em depoimento, a mãe de Jamile declarou que ela tinha o costume de bater nos filhos. O corpo de Gabriel vai ser velado e enterrado no município de Ubaitaba, onde mora o pai dele, de 50 anos.  *Radar64