Feira: Acusado de matar PM se apresenta em delegacia e alega legítima defesa

terça-feira, agosto 28, 2018
Policial teria perseguido a ex-namorada e o companheiro dela (Fotos: Acorda Cidade)
O suspeito de matar o policial militar Florisvaldo Moreira Santos Júnior, de 39 anos, na madrugada de domingo (26) na Avenida Nóide Cerqueira, em Feira de Santana, se apresentou nesta segunda-feira (27), na companhia de um advogado, no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador. Conforme a polícia, o policial teria perseguido um veículo Honda Civic, placa NYZ 0210, onde estavam a ex-namorada e um rapaz. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o suspeito alegou legítima defesa, foi ouvido e liberado. Ele afirmou, em depoimento, que a arma usada para atirar no policial foi abandonada no local do ocorrido. A SSP informou também que inicialmente o homem vai responder por porte ilegal de arma.

Ainda segundo a SSP, as informações dadas pelo rapaz sobre as circunstâncias do crime batem com depoimentos de testemunhas. O homem disse que comprou a arma usada para atirar no PM por conta do comportamento dele, que já tinha agredido a atual namorada do suspeito e feito ameaças à mulher. O caso segue em investigação pela Delegacia de Homicídios de Feira de Santana. Ao Acorda Cidade, o delegado Fabrício Linard informou que já solicitou as imagens das câmeras de vídeomonitoramento da Secretaria Municipal de Prevenção a Violência (Seprev) para auxiliar nas investigações e que essas imagens devem ser disponibilizadas nesta terça-feira (28). *Informações do Acorda Cidade