Ipiaú: Esquerdinha defende ex-técnico e promete recuperação a partir deste domingo

sexta-feira, agosto 31, 2018
O meia Esquerdinha, um dos atletas mais experientes e um dos líderes da Seleção de Ipiaú, concedeu entrevista a reportagem do GIRO comentando o momento delicado que Ipiaú vem enfrentando nesse início de Intermunicipal. A equipe agora está sob o comando técnico de Ivan Colt, de forma interina, de acordo com o presidente Marcelo Martins, que a depender dos resultados, será efetivado, ocupa a 4ª colocação do Grupo 09 e entra pressionado diante da Seleção de Ubaíra, estreante no Intermunicipal. Esquerdinha ano passado foi um dos destaques da Seleção, marcando 04 gols e sendo peça fundamental. Nesse ano, já marcou um gol e é uma das esperanças de Ipiaú. Leia abaixo na íntegra o bate papo com Esquerdinha.

Giro: Qual a razão de Ipiaú começar tão mal no Intermunicipal?
Nós começamos a treinar muito tarde, deveríamos começar mais cedo pra ter uma boa temporada, começar de preferência com um mês antes pro time ficar bem fisicamente e o time ter uma cara, mas o torcedor pode ter certeza que domingo nós vamos mostrar nossa identidade.

Giro: O técnico Fernando vem de dois bons desempenhos por Camamu, por que você acha que ele não conseguiu se sair bem em Ipiaú?
Ele é um ótimo treinador, tem muito trabalho, fazia tempo que não treinava com um treinador assim. Ele também teve só 15 dias de treinamento, muito difícil pro treinador vim de fora e ter só essa preparação, mas o culpado dessa saída dele é nossa, que não conseguiu conquistar bons resultados, por isso o eximo de culpa. Ele deveria ter tido mais oportunidades, não deveria ter saído, mas daqui pra frente a Seleção também estará em boas mãos com o professor Colt.

Giro: Ano passado e esse ano Ipiaú não tem conseguido jogar bem fora de casa, o que você acha que está faltando para melhorar nos jogos longe de Ipiaú?
Acho que a gente tem que ter mais inteligência e ir em busca primeiramente do resultado de empate, porque no intermunicipal temos que ganhar em casa e pelo menos empatar fora. Nós jogadores estamos entrando em campo pensado em buscar logo o resultado de vitória, mas fora de casa o primeiro objetivo é o empate.

Giro: Você acredita que esse elenco pode fazer uma campanha igual ou melhor do que o grupo de 2017?
Lógico! Nós temos um time bom, quase a base do ano passado. Nós podemos fazer melhor do que no ano passado, nosso objetivo é chegar numa final de Intermunicipal. Hoje vejo que para ganhar um Intermunicipal não está tão difícil, ano passado perdemos para uma equipe que foi campeã, mas nós não ficamos devendo nada era pra gente ter ganho o jogo. O grupo desse é muito bom, agregou com a chegada de Grilo, que é um ótimo jogador de grupo, tenho certeza que domingo vamos fazer bom resultado e nosso time vai embalar. (Giro/Romário Henderson)