Roberto Britto é acusado de usar verba pública em gráfica que não funciona há mais de um ano

quinta-feira, agosto 09, 2018
O deputado federal Roberto Britto (PP-BA) tem gastado dinheiro público em uma gráfica que não existe há mais de um ano no endereço indicado na nota fiscal eletrônica, disponibilizado pela Câmara dos Deputados. Ele nega qualquer irregularidade e diz que os serviços foram prestados. Conforme levantamento do Bahia Notícias, levando em consideração o tempo que a loja física está sem funcionar, o deputado gastou R$ 115 mil da cota parlamentar com boletins informativos de atividade parlamentar, de agosto do ano passado até agosto deste ano. Segundo o site da Câmara, o progressista baiano destinou para a empresa Jato Gráfica Rápida R$ 70 mil em dezembro de 2017 e outros R$ 45 mil em abril deste ano. As notas fiscais, portanto, foram emitidas após a desativação do estabelecimento. Leia mais no Bahia Notícias