Vereador de Vitória da Conquista é afastado do cargo após operação da PF

sexta-feira, agosto 31, 2018
Foto: Reprodução
A Polícia Federal deflagrou nessa quinta-feira (30) a operação Condotieri, que busca combater crimes eleitorais relacionados a políticos em cidades da Bahia, Rio de Janeiro e Mato Grosso. Nessa manhã, a PF esteve presente em Vitória da Conquista e realizou mandados de busca e apreensão. Segundo a PF, “A operação decorre de uma investigação, iniciada em 2017, sobre o crime de corrupção eleitoral e falsidade durante a eleição de 2016, em que um vereador, então candidato, oferecia empregos no novo Presídio de Vitória da Conquista/BA, que estava prestes a ser inaugurado, em troca de apoio na campanha e de votos. A investigação desvendou ainda que a organização criminosa instalada se utilizou da estrutura de outros órgãos públicos, como o DETRAN e a ZONA AZUL, para o mesmo fim, bem como omitiu receitas e falsificou recibos entregues na prestação de contas à Justiça Eleitoral. Os investigados se serviram de pelo menos duas empresas de fachada para emissão de notas frias, que eram utilizadas para a prestação das contas.” O vereador investigado é Rodrigo Moreira (PP) e após determinação da Justiça o político foi afastado temporariamente do cargo. A Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista divulgou uma nota esta manhã sobre o caso.