Bahia e mais 5 estados ficam fora da agenda de presidenciáveis no início da campanha

quinta-feira, setembro 06, 2018
A Bahia e mais cinco estados brasileiros não receberam nenhuma visita dos candidatos à Presidência da República nas primeiras 3 semanas de campanha: Amazonas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte e Roraima – este último vive uma crise com a chegada de venezuelanos. Os dados são de um levantamento do G1. Com a exceção de Roraima, esses estados não estão entre que possuem os menores eleitorados do país. Em conjunto, somam 15% do total de pessoas aptas a votar nas eleições de 2018 – um número que só é inferior ao do estado de São Paulo, que responde por 22%. A campanha eleitoral começou em 16 de agosto. Desde então, e até quarta-feira (5), 11 dos 13 presidenciáveis tiveram agendas de campanha. Eles realizaram um total de 232 visitas a alguma cidade do país, e visitaram 20 estados e o DF. O principal destino é São Paulo. O estado – que, além de principal colégio eleitoral do país, concentra entidades e veículos de comunicação com alcance nacional e é berço político de dois dos candidatos à Presidência – recebeu os 11 candidatos e teve o maior número de visitas na agenda de todos eles.