Governo estuda tornar obrigatória vacinação de crianças

terça-feira, setembro 18, 2018
A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, afirmou nesta segunda-feira, 17, estar em estudo pela pasta uma proposta para tornar obrigatória a vacinação das crianças pelo País. Entre os mecanismos avaliados está o de editar uma norma conjunta com o Ministério da Educação para transformar a carteira de imunização em pré-requisito da matrícula escolar. 

Pela regra geral, há apenas uma recomendação de que o certificado seja apresentado. “Estratégias pontuais já foram adotadas por algumas Assembleias Legislativas. Será que não é o momento de o ministério, com o MEC, tornar obrigatório que toda criança e adolescente na escola tenha sua carteira de vacinação acompanhada?”, indagou, durante evento organizado nesta segunda, 17, pela Procuradoria-Geral da República para discutir os baixos indicadores de vacinação.

Os questionamentos foram feitos ao mesmo tempo em que o Ministério da Saúde divulgava o balanço da campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo. Depois de ver uma baixa adesão até metade da campanha e ter precisado prorrogá-la duas vezes, o governo conseguiu atingir a meta nacional (de imunizar 95% das crianças), mas os dados mostram que pelo menos meio milhão de crianças não foram atingidas, e 1.180 municípios não alcançaram o índice.  A meta foi alcançada em 15 Estados para as duas vacinas. *Conteúdo Estadão