Liminar impede que seja convocada nova eleição na Câmara de Ipiaú

sábado, setembro 01, 2018
Em sessão contestada, San foi eleito presidente da Câmara no dia 09 de agosto (Foto: Giro Ipiaú)
A eleição para a escolha da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ipiaú, do biênio 2019/2020, teve mais um capítulo. Convocada para o último dia 09 de agosto, a eleição aconteceu de forma tumultuada e com os ânimos exaltados (veja aqui). Naquela oportunidade, na contagem de votos, elegeu-se presidente, por 8 votos a 0, o jovem Alessandro Moreira, o San de Paulista. O atual presidente, José Carlos Bispo, o Carlinhos, e o grupo de quatro vereadores, que representam a base da prefeita, alegam que a eleição foi eivada de vícios e irregularidades, contestando seu resultado. Como previsto por muitos, o desfecho desta eleição do dia 09, iria incidir para o Poder Judiciário, ultrapassando os poderes e atravessando a praça que os três integram. Na última sessão ordinária da quinta-feira (30), Carlinhos anunciou uma nova eleição para dezembro do ano em curso. 

Liminar
A Dra. Mariana Ferreira Spina, Juíza de Direito da Vara Cível da Comarca de Ipiaú, em Decisão Interlocutória publicada no final desta sexta (31), deferiu parcialmente a liminar pleiteada pelos vereadores que elegeram San de Paulista, em um Mandado de Segurança que tramita nesta Comarca. "Ante todo o exposto, defiro parcialmente a liminar para determinar à autoridade coatora que se abstenha de convocar novas eleições para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ipiaú, até o julgamento do mérito do presente, sob pena de multa diária de R$ 200,00(duzentos reais)", deferiu a magistrada.

Agora sub judice, a eleição ocorrida no dia 09, deverá conter novos capítulos até o julgamento final por parte do Poder Judiciário. E, até decisão que julgue sentindo contrário, os vereadores Sam de Paulista, Lucas do Social, Jean Kléber e Pery, seguem eleitos para compor a Mesa Diretora da Câmara  no próximo Biênio 2019/2020, amparados pelo Regimento Interno da Câmara Municipal.