Mais de 100 detentos fogem de presídio de segurança máxima em João Pessoa

segunda-feira, setembro 10, 2018
Presídio foi atacado por bandidos na madrugada dessa segunda-feira (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Pelo menos 105 presos fugiram da Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, o PB1, na madrugada desta segunda-feira (10) em João Pessoa, segundo nota divulgada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Até o inicio da tarde dessa segunda-feira, 43 detentos tinham sidos recapturados, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Um tenente da Polícia Militar foi baleado na rodovia estadual PB-008 e teve morte cerebral confirmada, segundo a Seds. Erivaldo Moneta, de 36 anos, estava em um posto policial que teria sido alvo de vários tiros após a fuga de mais de 100 detentos.

Segundo a PM, um grupo com cerca de 20 homens chegou em quatro carros e atiraram contra as guaritas, o alojamento e o portão principal, que foi derrubado após uma explosão. As primeiras informações da polícia indicam que o objetivo da ação era resgatar quatro homens que foram presos em agosto. Eles são acusados de integrar uma quadrilha que atua em todo o país na explosão de caixas eletrônicos e carros-fortes.