Dona de barraca de praia é morta; homem chamado para consertar freezer é suspeito do crime

sexta-feira, outubro 05, 2018
Uma mulher de 57 anos foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira (4), na cidade de Ilhéus. A vítima era dona de uma barraca de praia e a polícia suspeita que um homem contratado por ela para consertar um freezer tenha cometido o crime. O suspeito, que não teve a identidade divulgada, é procurado.

De acordo com informações da Policia Civil, o corpo da vítima, identificada como Celidalva Souza Pacheco, foi achado pelo filho dela, na entrada de um bar desativado, no bairro Mamoan. O jovem teria acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que constatou o óbito.

O corpo da mulher foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus, onde foi periciado. Conforme a polícia, após exame, o perito não conseguiu determinar a causa da morte, mas suspeita que a vítima tenha sido asfixiada. Um exame mais elaborado será realizado.

Conforme a polícia, a suspeita inicial é de que a vítima tenha sofrido um latrocínio, porque alguns pertences dela foram roubados. O caso está sob investigação do Departamento de Homicídio de Ilhéus.

*Conteúdo reproduzido do G1