Em discurso após derrota, Haddad fala em liderar oposição

segunda-feira, outubro 29, 2018
Derrotado no segundo turno por Jair Bolsonaro (PSL), mas detentor de 47 milhões de votos em sua primeira eleição presidencial, o petista Fernando Haddad se colocou como líder da oposição em seu discurso depois do resultado eleitoral. “Temos uma tarefa enorme no País que é, em nome da democracia, defender o pensamento e as liberdades destes 45 milhões de brasileiros. Temos a responsabilidade de fazer uma oposição colocando os interesse nacionais acima de tudo”, disse Haddad, em pronunciamento feito no início da noite de ontem em hotel de São Paulo, antes da divulgação dos resultados finais – que o colocaram com 44,86% dos votos válidos. O candidato do PT não chegou a fazer uma autocrítica em relação a erros do partido, mas admitiu que, para voltar a “sensibilizar mentes e corações”, vai ter de se reconectar com as bases que elegeram Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e, ontem, escolheram Bolsonaro.