Igreja Batista de Rio Novo completa 103 anos de existência

quarta-feira, outubro 31, 2018
A Primeira Igreja Batista de Rio Novo, a mais antiga instituição evangélica do município de Ipiaú, completa nesta quarta-feira, dia 31 de outubro, 103 anos de existência. A programação comemorativa teve  inicio no ultimo sábado, 27, com diversas atividades e prosseguiu nos dias seguintes. Os pastores Cleverson Araújo, da PIB de Amargosa Wilson Costa, da Igreja Batista Lindinopolis, de Ilhéus, foram convidados para pronunciarem a Mensagem Bíblica.
O Pastor Efetivo da PIB de Rio Novo, Carlos César Januário, rememorou a  história da igreja, salientando: “Hoje cada membro da PIB tem o que celebrar. Somos fartos de alegrias. A obra sob o comando do nosso general, Cristo Jesus, o Senhor”.
Fundada em 31 de outubro de 1915, pelo pastor Marcelino José de Lima, a Iª Igreja Batista de Rio Novo teve suas origens na região da “Corrida”, zona rural. Sua organização foi agilizada pela  congregação Boa União  que concedeu carta de transferência aos 22 membros pioneiros.
Inicialmente denominada de Igreja Batista Evangélica Água Branca, a instituição ao ser transferida para a zona urbana funcionou em um prédio da Rua Olavo Bilac de onde foi transferida para o atual endereço e recebeu  nova denominação.

Ao longo da sua história a Iª Igreja Batista de Rio Novo teve 10 pastores: Elias Ramalho Jaqueira que apesar de ser o primeiro a ser oficialmente nomeado para o cargo não chegou a pastoreá-la, cabendo essa missão ao pastor Marcelino José Lima; Arlindo Vilar; Francisco Ferreira; Luis Regis; M.G.White, Abílio Pereira Gomes, Esmeraldo Santos, Paulo José da Silva que pastoreou durante 40 anos consecutivos (1956 a 1996), e foi sucedido pelo pastor Carlos César Januário o qual se encontra no cumprimento da missão. (Giro/José Américo Castro).