Presos no semiaberto vão trabalhar como garis nas ruas de Vitória Conquista

quarta-feira, outubro 24, 2018
Terceira maior cidade da Bahia, com 338 mil habitantes, a cidade de Vitória da Conquista, se prepara para nos próximos dias ter 50 detentos do regime semiaberto trabalhando nas ruas como garis e realizando serviços gerais. O município é pioneiro no estado neste tipo de contratação.

A novidade foi anunciada pela Prefeitura, que prepara os últimos ajustes para que isso ocorra, como forma de pagamento e contratação dos detentos, oriundos do Conjunto Penal Nilton Gonçalves. Com o ingresso de mais 50 presos nos serviços públicos, a Prefeitura local passará a contar com a força de trabalho de 72 internos, já há 60 dias 22 deles empregados num projeto de plantação de palmas na zona rural da cidade.

Nesse período, os presos já plantaram 60 mil mudas de palmas originárias do México, num área equivalente a cinco campos de futebol – as palmas mexicanas estão substituindo espécies nativas que vêm sendo dizimadas por uma praga.  Leia mais no CORREIO