Homem mata a sogra e diz ter agido a pedido da companheira

sábado, novembro 10, 2018
Um homem de 25 anos foi preso suspeito de matar a sogra a facadas, na quinta-feira (8), em Salvador. De acordo com a Polícia Civil, Sidinei Santos Coutinho confessou o crime e diz ter agido a pedido da companheira, identificada como Vanilda Coutinho de Souza, de 49 anos, presa na manhã deste sábado (10), em uma casa na praia do Canta Galo, na Rua Barão de Cotejipe, no bairro da Calçada. Ela confessou o crime.
Conforme a polícia, em depoimento, o suspeito contou que a Vanilda tinha interesse nos bens da mãe e tinha pedido para que ele contratasse homens e armasse um falso assalto, para que, durante a ação, a vítima fosse morta. No entanto, segundo a polícia, Sidinei acabou cometendo o crime ele mesmo.

A vítima, identificada como Zenilda Coutinho dos Souza, de 78 anos, foi atacada dentro da casa onde morava, na localidade de Vila Canária, no bairro de Pau da Lima. O suspeito usou uma faca do tipo peixeira para cometer o crime. Em seguida, o homem fugiu, com documentos da vítima.

De acordo com a polícia, Sidinei usou um cartão bancário de Zenilda para pegar um empréstimo no valor de R$ 3 mil. O suspeito teria comprado mercadorias e drogas com o dinheiro roubado da vítima.

O suspeito foi preso horas após a ação por agentes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central). Sidinei foi autuado homicídio duplamente qualificado, cometido por motivo torpe e também por impossibilitar qualquer chance de defesa da vítima.

O homem foi apresentado pela polícia na tarde desta sexta-feira (9), durante coletiva de imprensa. Sidnei deve passar por audiência de custódia no sábado (10). Durante a audiência, a Justiça decidirá se ele segue preso ou será liberado.

*Com informações do G1