Governo federal 'cria dívidas' e cidades baianas entram 2019 no vermelho

quarta-feira, dezembro 26, 2018
A situação tem levado cidades baianas até a fechar as UPAs.
Motivos de comemoração, com eventos de inauguração cheios de otimismo, diversas obras do governo federal na Bahia têm se tornado sinônimos de mais gastos para os municípios, contribuindo para que pelo menos 118 prefeituras entrem em 2019 com as contas no vermelho. Postos de saúde, centros de referência de assistência social, escolas e unidades de pronto atendimento (UPAs) estão recebendo até metade da verba para pagar os custos básicos e o restante tem ficado com as prefeituras, segundo elas informaram. “A situação tem levado cidades até a fechar a UPA, como ocorreu em Macaúbas, e a se virar para manter outras estruturas”, disse o presidente da União das Prefeituras da Bahia (UPB) Eures Ribeiro (MDB), prefeito de Bom Jesus da Lapa. Leia mais no CORREIO