Músicos da Região: A voz potente de Sikiling continua em alta

sexta-feira, dezembro 07, 2018
Álvaro Luis Santos, o popular Sikiling, da banda SodaPop, está na estrada há muito tempo. Ele escreveu sua história em grupos importantes, assim como em inigualável carreira solo. Além de vocalista é compositor e radialista. Desde criança teve contato com a música.  Sua mãe, dona Elza,  também era cantora e muito lhe ensinou os segredos da voz. Na adolescência foi influenciado por artistas da Jovem Guarda e do pop rock. Ouvia e cantava canções de sucesso na época e logo se tornou um nome conhecido entre a juventude ipiauense.
Em 1973 ingressou no Conjunto MP7, do Ginásio Estadual de Ipiaú, dividindo palco com Otaciano Molina (guitarra solo), César (guitarra base), Orlando Eça (baixo), Sabiá (bateria) e Dominguinhos (percussão). Não tardou seu talento ser captado pelo Conjunto Joedson onde atuou por mais de 20 anos.Também cantou nas bandas Embalo 4, de Jequié, e Românticos Boemia, de Jaguaquara.

Dividiu palco com Luiz Caldas, Zé Paulo, Vivaldo Flores, Durval Caldas, Jorginho Costa, Marli Brasil e outros grandes vocalistas baianos. Fez preliminar em shows de Roberto Carlos, Luiz Gonzanga , dentre outras estrelas da MPB, e animou Inúmeros bailes Brasil afora. Realizou-se como artista. 
Gravou um disco (CD) solo e participou de outros. Continua fazendo sucesso. É bom lembrar que em seu currículo também consta a honrosa condição de ter sido o vencedor do Festival da Música Carnavalesca, ocorrido no saudoso Cine Teatro Éden.

Com uma fisionomia jovial, apesar de está chegando aos 60, e um espírito repleto de alegria, Sikiling é daqueles que nasceram para fazer festa. Cantar é o seu oficio, o seu vicio, sua vida. Muito eclético, explora diferentes tipos de música: MPB, bossa nova, blues, soul, jazz, pop, progressivo, navega em  todos os ritmos.

A voz potente, talvez a melhor em atividade na região, e excelente performance de palco, além de boas Influências, lhe garantem puro sucesso. Seria um nome nacional se não preferisse ficar em Ipiaú. Três casamentos lhe renderam cinco filhos, oito netos e alguns bisnetos. Atualmente é casado com Vanusa Jesus que lhe deu Isabelle e Enzo, os  caçulas da prole.

Na linha de frente da SodaPop, acompanhado por Sussa (baixo), Zé Tenaz (bateria), Alé Dunga e Brisola (guitarras), Sikiling assegura que vive seus melhores dias em termos de musicalidade e que seguirá cantando, encantando plateias, fazendo aquilo que mais gosta. (Giro José Américo Castro).