De Olho na Cidade: Prefeitura de Ipiaú e o desafio de reparos no calçamento

quinta-feira, janeiro 03, 2019
Obra da embasa na Travessa Joaquim Nabuco tem causado transtornos a moradores e motoristas.
Ipiaú vem se caracterizando como uma cidade esburacada. O problema se apresenta com maior visibilidade nas ruas pavimentadas a paralelepípedos, principalmente aquelas localizadas nos bairros. Segundo  estimativas feitas  por populares são centenas deles alguns com dimensões de crateras, ao longo das vias públicas. Ao que parece a chamada “operação tapa-buracos”, promovida esporadicamente pela Prefeitura, pouco tem contribuído para resolver o problema, já que muitos buracos voltaram a aparecer após um período de chuva mais forte e com o continuo trânsito de veículos. O problema também se verifica em alguns trechos do asfalto.

Obras da Embasa e da Coelba contribuíram para o agravamento da buraqueira. Muitas vezes essas empresas escavam as ruas e demoram muito no trabalho de recomposição do piso. Um exemplo disso se verifica na Travessa Joaquim Nabuco, onde a Embasa, através de uma empresa terceirizada, vem executando o serviço com muita morosidade e, desse modo, proporcionando transtornos para os moradores da área e aos motoristas que por ali transitam com seus veículos. Em frente ao cemitério velho uma obra da Coelba deixou uma cratera que também causa problemas aos veículos.

As avarias no piso da cidade se multiplicam assim como as reclamações da população. Os motoristas que transitam por toda a cidade, garantem que sabem onde se localiza cada buraco, mas sempre tem um novo. “Sofremos muitos prejuízos com os problemas que a buraqueira provoca na suspensão do carro, nos pneus e até nas rodas, sem falar na possibilidade de um acidente”, disse um taxista. (Giro Ipiaú)