Ipiaú ganhará um posto avançado da Biofábrica de Cacau

quinta-feira, janeiro 24, 2019
Na manhã desta última quarta-feira (23), o Diretor do Instituto Biofábrica do Cacau, Engenheiro Agrônomo Lanns Almeida, esteve reunido com produtores rurais, empresários, ambientalistas e lideranças políticas de Ipiaú e região para apresentar a proposta de implantação de postos avançados da Biofábrica nos municípios do Território do Médio Rio das Contas.  O evento, na sede do Sindicato Rural, foi promovido pela APROC e TIMRC e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretária de Agricultura e Meio Ambiente (SEMA) que tem dado sua contribuição aos processos de soerguimento da cacauicultura e recomposição de áreas degradas da Mata Atlântica.

Lanns Almeida disse que, o Instituto Biofábrica de Cacau tem como missão produzir, multiplicar e distribuir aos agricultores materiais genéticos de mudas de alto valor agronômico, sendo que o seu laboratório de micropropagação vegetal foi planejado com base nos mais refinados conceitos da biotecnologia moderna, com capacidade para produzir 5 milhões de mudas de espécies frutíferas ao ano, pela técnica do cultivo in vitro.

A Unidade de Produção de mudas da Biofábrica tem uma área total de 63 hec. possui 20 vinte viveiros de mudas sendo a maior área de viveiros em campo aberto do mundo. Os postos avançados a serem implantados nos territórios de identidade receberão parte dessa produção que ficará disponível aos agricultores e servirá para reflorestamentos e arborização urbana.

O posto de Ipiaú funcionará no Parque de Exposições José Thiara, onde as mudas de cacau clonado, arvores frutíferas e essenciais florestais nativas da Mata Atlântica serão vendidas a preços módicos. Agricultores familiares das associações de Córrego de Pedras, Sapucaia, Fazenda do Povo, Bom Sem farinha e Braço Pequeno, dentre outras, participaram da reunião no Sindicato Rural e consideraram muito oportuna a instalação do Posto Avançado da Biofábrica no município. (José Américo Castro/Dircom Prefeitura)