Ipiauense Vladimir reclama de ausência no Paulistão e saída forçada do Santos

sexta-feira, janeiro 18, 2019
Vladimir é de Ipiaú e está no Santos há 12 anos (Foto: Reprodução)
Vladimir desabafou nesta sexta-feira. O goleiro do Santos foi cortado da primeira fase do Campeonato Paulista pelo técnico Jorge Sampaoli. Em entrevista coletiva, Sampaoli disse que pediu Everson, do Ceará, pois Vladimir quis sair. O camisa 12, porém, alega o contrário: pediu transferência por conta da procura por um novo jogador da posição. “Estou sendo jogado de lado, como que se tivesse feito algo de errado aqui dentro. Hoje mesmo o Sampaoli foi a público falar que eles só foram atrás de goleiro porque eu pedi pra sair… Eles estão me despachando pra tudo que é canto, pra poder trazer goleiro e estão botando na minha conta… Eu nem fui inscrito no Campeonato Paulista e ninguém foi homem pra vim me avisar. Eu não tenho força nenhuma e tudo o que passam para a torcida acaba se tornando verde. São 12 anos de clube e os caras não me tratam com respeito”, disse Vladimir, em texto enviado à reportagem. 

Vladimir recebeu diversas propostas recentes de empréstimo: Vitória, Sport, Ceará, Paraná e América-MG foram algumas delas, mas o Santos nunca liberou. Diante do interesse do São Paulo em Vanderlei, o goleiro vivia a expectativa de ser titular em 2019, porém, seria o terceiro goleiro com a provável chegada de Everson, do Ceará. Com a surpresa de não estar nos planos e a declaração de Sampaoli, Vladimir procura por um novo clube para ser titular. A maior dificuldade no mercado é a falta de ritmo – ele só atuou três vezes em 2018. O goleiro está chateado com não ter sido liberado quando havia oportunidades e ser “chutado” agora. Vladimir afirma que só pediu para sair depois de saber do interesse de Sampaoli em novo goleiro – primeiro Martin Campaña, do Independiente, e agora Everson, do Ceará. *Gazeta Esportiva