Prefeitos criam órgão de acompanhamento permanente da barragem de rejeitos da Mirabela

terça-feira, janeiro 29, 2019
Encontro de prefeitos aconteceu no salão da Câmara de Barra do Rocha (Fotos: Giro Ipiaú)
Reunidos na tarde de ontem, segunda-feira, 28, no Salão do Plenário da Câmara Municipal de Barra do Rocha, prefeitos de nove municípios do médio e baixo Rio das Contas decidiram pela criação do Conselho Deliberativo e Consultivo de Gestão e Acompanhamento da Barragem de Rejeitos de Mirabela. O órgão visa o acompanhamento permanente deste equipamento, cuja segurança vem sendo questionada pela população ribeirinha, notadamente as comunidades à jusante da mineração de níquel no município de Itagibá. Representantes de vários segmentos da sociedade civil organizada, assim como da União e do Estado da Bahia, serão incorporados ao Conselho.
Prefeito de Itagibá só renovará alvará de funcionamento da empresa após laudos de órgãos fiscalizadores.
Nessa reunião também foi fechado um acordo no sentido de que a Prefeitura de Itagibá, através do prefeito Gilson Fonseca, só renove o Alvará de Funcionamento da Mina Santa Rita depois que o recém criado Conselho receba todos os laudos dos órgãos fiscalizadores do estado dando conta de que a Barragem de Rejeitos não ofereça qualquer risco de rompimento. Os prefeitos também pretendem fazer  uma visita à barragem para verificar in loco a situação em que a  mesma se encontra.

Carta aberta ao governador
Outro ponto definido na reunião promovida pela AMURC (Associação dos Municípios da Região Cacaueira) e dirigida pelo vice-presidente da entidade e prefeito de Barra do Rocha, Luis Sérgio Alves de Souza (Professor Léo),  foi a elaboração de uma Carta Aberta ao Governador do Estado explicitando a preocupação dos municípios ribeirinhos e pedindo providências que tranquilizem as comunidades. O documento deverá ser divulgado pela Amurc ainda nesta terça-feira, 29. Os prefeitos pretendem ainda uma audiência com o governador Rui Costa para tratar do assunto.
Por sua vez, a autoridade governamental, demonstrando preocupação e buscando apresentar respostas imediatas, determinou que Técnicos do Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA- e da Secretaria de Meio Ambiente da Bahia – SEMA-  vistoriassem, na tarde de ontem,  a Barragem de Resíduos da Mirabela, para a emissão de um laudo sobre a  sua situação. As primeiras informações da vistoria indicam normalidade no equipamento. Outras equipes técnicas do governo estão sendo enviadas para novas averiguações.

Prefeitos presentes
Além do Professor Léo, prefeito anfitrião do encontro, e do Presidente da Amurc, Aurelino Cunha (Lero), prefeito do  município de Firmino Alves, estavam presentes na reunião as prefeitas Maria das Graças - Ipiaú; Siméia Queiroz - Ubatã ; Sueli Carneiro (Suka) Ubaitaba;  Liu Andrade - Aurelino Leal,  e os prefeitos  Gilson Fonseca - Itagibá;  Edvaldo dos Santos (Kaçulo) de Gongogí,  e Antonio de Anísio - Itacaré. Secretários municipais, vereadores, o presidente da Câmara de Barra do Rocha - Washington Mendes, ambientalistas e lideranças territoriais também marcaram presença no ato. (GIRO/José Américo Castro).