Professores de Wenceslau Guimarães caem em golpe do falso diploma

quarta-feira, janeiro 30, 2019
Um grupo de professores de Wenceslau Guimarães foi vítima de um golpe do diploma falso, aplicado por uma Instituição de Ensino que prometia uma formatura com menos aula e mensalidades mais baratas. O caso foi mostrado nesse domingo, (27), no Fantástico, e revelou que os diplomas entregues aos formandos não possuem valor nenhum. Em Wenceslau, as aulas do suposto mestrado eram oferecidas uma vez por mês em uma Escola pública do município, cedida pela prefeitura.

Segundo o secretário de educação de Wenceslau, Marcos Antônio, o espaço foi cedido para que professores recebessem capacitação profissional e progresso na carreira. Perguntado pelo repórter se não houve suspeita de que as aulas seriam um golpe, ele disse que no primeiro momento tudo parecia muito autêntico. O próprio secretário também chegou a ser vítima do golpe, mas não chegou a concluir as aulas. Ele abandonou o curso antes do fim. 

Um grupo com oito professoras da rede municipal de ensino chegou a gastar cerca de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) cada uma. Além da mensalidades de R$ 370,00 (trezentos e setenta reais), uma das vítimas teve que pagar pelo orientador, pela banca, impressão da dissertação e pelo diploma. Além de Wenceslau Guimarães, o golpe também foi aplicado em cidades de Alagoas e Rondônia.