Repórter processa Datena por assédio sexual; apresentador diz que é 'delírio'

sábado, janeiro 19, 2019
A jornalista Bruna Drews, 35 anos, está acusando o apresentador José Luiz Datena, 61, de assédio sexual. Em representação protocolada no Ministério Público de São Paulo, Bruna afirma que o titular do Brasil Urgente teria lhe dito que ela não precisava emagrecer porque já "era muito gostosa", que diversas vezes teria se masturbado pensando nela e que achava "um desperdício" a profissional "namorar uma mulher". A "cantada" teria acontecido em 7 de junho do ano passado, durante comemoração do fim das gravações do quadro A Fuga, do extinto Agora É com Datena, em um bar na região central de São Paulo. Bruna diz que só decidiu processar Datena. Quanto ao apresentador, caberá ao Ministério Público, na semana que vem, decidir se abre uma investigação policial ou se pede diretamente a abertura de um processo na Justiça.