Motorista e menina de 9 anos são mortos a tiros dentro de carro em Camaçari

quinta-feira, março 28, 2019
Criança estava no banco de trás quando foi atingida (Foto: Reprodução)
As 13 perfurações na lataria do Corsa prata (JOT-2664) dão dimensão da violência do ataque. As vítimas foram executadas sem chance de defesa, entre elas a estudante Bruna Cruz, de apenas 9 anos, que ainda usava o uniforme escolar. A menina e o namorado da mãe dela, Deivid Demétrio dos Santos, 19, morreram após disparos efetuados por ocupantes de outro carro de cor escura no início da noite desta quarta-feira (27), no bairro Ponto Certo, em Camaçari, Região Metropoliana de Salvador. Deivid estava ao volante quando o Corsa foi fechado por um outro carro. Ele morreu no local. A grande maioria dos disparos atingiu o lado do motorista. Bruna estava sentada no banco de trás, quando foi baleada. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do Hospital Geral de Camaçari (HGC). 

A mãe dela, identificada como Jamile,  e o cunhado, de nome não informado, estavam também no Corsa e conseguiram fugir. Jamile teria sido atingida na perna. Os dois sobreviventes ainda não foram localizados. O caso é investigado pela delegada Maria Teresa, titular da Delegacia de Homicídios de Camaçari. Em nota, a Polícia Civil informou que Deivid tinha envolvimento com homicídios e tráfico de drogas na cidade. Ainda de acordo com a nota, as outras duas pessoas que estavam no carro também têm envolvimento com o tráfico.  *Com informações do CORREIO