Grupo armado assalta taxista em Ipiaú


Táxi foi abandonado na rodovia Ipiaú-Jitaúna (Foto: Reprodução/Redes Socais)
Um taxista foi vítima de um assalto na noite dessa quarta-feira, 17, na cidade de Ipiaú. Cinco passageiros (três homens e duas mulheres) solicitaram o serviço do táxi na Praça do Cinquentenário. O taxista conhecido como Sandoval informou à nossa reportagem que o grupo pediu a corrida dizendo que o destino final era próximo a fábrica de polpas Doce Mel, saída de Ipiaú sentido Jitaúna. Ao chegar no destino indicado, o taxista, ao descer do veículo para abrir as portas dos passageiros, foi surpreendido por um dos indivíduos, que estava sentado no banco de trás, e que saiu do veículo armado, anunciando o assalto e mandando o motorista entrar no automóvel novamente. O taxista correu em direção a um matagal às margens da rodovia onde se escondeu. O grupo fugiu em seguida com o táxi modelo Siena, de cor branca. O veículo foi abandonado a cerca de 4 quilômetros depois, no acostamento da rodovia sentido Jitaúna. 
Veículo foi apresentado pela PM na delegacia local (Foto: Giro Ipiaú)
Ao ser acionada pela vítima, a Polícia Militar enviou de imediato a Guarnição Delta do PETO que ainda realizou buscas pelos suspeitos numa estrada vicinal, próximo onde foi abandonado o carro, mas não conseguiu localiza-los. A chave do táxi foi deixada pelos criminosos no painel do veículo. Cerca de cem reais que estavam no carro foram levados pelos assaltantes. Sandoval revelou que na madrugada dessa quarta-feira, 17, acordou assustado após um pesadelo em que ele estava ajoelhado e um homem com uma arma apontada para sua cabeça. Após o episódio, ele disse que pretende abandonar a profissão. “Vou orar a Deus para arrumar outra coisa para trabalhar”, comentou.
Em 2015, o taxista teve o seu veículo incendiado durante uma corrida na BR-330.
Em dezembro de 2015, Sandoval sobreviveu a um acidente na BR-330, trecho entre Ipiaú e Jitaúna. As chamas de um incêndio às margens da rodovia atingiu o táxi que ele conduzia e acabou destruindo totalmente o veículo. Sandoval transportava uma passageira quando a fumaça tomou a pista e provocou a colisão entre o veículo conduzido por ele e um carro que seguia na mão contrária. Sandoval e a passageira conseguiram sair ilesos do veículo incendiado. (Giro Ipiaú)