Familiares e amigos homenageiam jovem de Ipiaú encontrado morto no Rio de Contas


Mãe de Ramon participou da homenagem (Foto: Giro Ipiaú)

Os pais de Ramon dos Santos, desaparecido no último dia 18, reconheceram o corpo encontrado no Rio de Contas, no sábado passado (ver matéria), como sendo do jovem morador do ACM. No final da tarde dessa sexta-feira, 26, familiares e amigos  de Ramon fizeram uma homenagem levando flores ao local onde o corpo foi encontrado. Em seguida soltaram balões brancos na ponte que liga Ipiaú ao distrito do Japomirim.

Amigos levaram flores e balões brancos (Foto: Giro Ipiaú)

Ela atribuiu a morte do seu filho às más amizades. “Eu falava com ele sobre certas amizades. Pra ele se sair do meio de muita gente. Ele ficava no celular o tempo todo em um grupo que conversava com muita gente e eu não gostava disso. Eu sempre reclamava e falava com ele pra tomar cuidado com quem conversava e com o que postava”, detalha.

Balões brancos foram atirados da ponte em direção ao rio (Foto: Giro Ipiaú)

Maria Betânia disse ainda que no dia do desaparecimento do seu filho, ele estava conversando com uma pessoa e depois saiu de casa numa bicicleta até um ponto de mototáxi e foi até a Praça dos Cometas. “Essa pessoa que chamou ele até o local, que marcou com ele, foi alguém que ele confiava, que ele tinha como amigo”, descreve Betânia.

Ramon tinha 17 anos e morava no ACM.

O caso segue investigado pela Polícia Civil. As autoridades policiais acreditam que a morte tenha sido provocada por uma facção criminosa que atua na cidade. O corpo encontrado sem a cabeça e com os pés amarrados foi removido pelo DPT e encaminhado para o IML, em Jequié, onde permanece até a confirmação da identificação por meio de exame de DNA, que pode durar até quatro meses para a liberação. (Giro Ipiaú)