Bolsonaro abre agenda para parlamentares e vai liberar emendas para ajudar prefeitos

quinta-feira, abril 11, 2019
Em mais um esforço para tentar aprovar a reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro avisou que vai reservar grande parte da sua agenda para receber parlamentares às terças, quartas e quintas-feiras, em seu gabinete, no Planalto, quando o Congresso está em pleno funcionamento. Na busca de votos pela aprovação da reforma, o presidente já avisou também que quer apressar a liberação de pelo menos R$ 3 bilhões de emendas parlamentares individuais ainda neste semestre. A liberação ajudaria prefeitos e parlamentares, os quais têm reclamado da necessidade de recursos para tocar obras em suas bases. O gesto se juntará à decisão de Bolsonaro de ampliar o convite a parlamentares para acompanhá-lo em viagens pelo País. O presidente também continuará abrindo espaço para receber os presidentes dos partidos, o que já tem feito desde a semana passada e com mais intensidade nesta semana. Bolsonaro resolveu fazer gestos também para a oposição, sinalizando estar disposto a conversar. O objetivo é tentar assegurar os 308 votos mínimos para a aprovação do texto nas comissões e na Câmara, o mais rápido possível, para que a matéria siga para o Senado.