Professores e estudantes ocupam reitoria da Uneb para decidir sobre greve

quinta-feira, abril 04, 2019
O protesto faz parte da agenda de mobilização do corpo docente, que está em estado de greve.
Os professores e estudantes da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) ocuparam nesta quarta-feira, 3, o prédio da reitoria da universidade no bairro do Cabula, em Salvador, para decidir sobre a possibilidade de uma paralisação por tempo indeterminado. O protesto faz parte da agenda de mobilização do corpo docente, que está em estado de greve desde a última quinta, 28. A ocupação da reitoria teve início às 17h e se estenderá até as 14h desta quinta, 4, quando será realizada uma assembleia para decidir os rumos do movimento. Em caso de paralisação, outros 23 campus da Uneb no estado serão afetados. A categoria reivindica, principalmente, o respeito aos direitos trabalhistas. De acordo com a Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual da Bahia (Aduneb), mais de 400 professores possuem seus direitos à promoção negados pelo estado, que tentam negociar desde 2016. Segundo a coordenadora de comunicação da Aduneb, Lilian Marinho, cerca de mil estudantes se reuniram com a categoria e participam de atividades como aulas públicas, oficinas, entre outros.