Ubatã: Polícia Civil apreende carga avaliada em R$ 100 mil fruto de estelionato

quinta-feira, abril 04, 2019
Carga sendo descarregada na Delegacia de Ubatã (Foto: Ubatã Notícias)
A Polícia Civil de Ubatã, em operação coordenada pelo delegado Lane Andrade, desarticulou, no final da tarde desta quinta-feira (04), uma quadrilha de estelionatários com atuação em Ubatã e em diversos outros municípios da região. A Polícia teria recebido a informação de uma das empresas vítima do golpe e teria passado a monitorar a movimentação da quadrilha. Na tarde desta quarta a Polícia Civil montou uma operação e apreendeu uma carga avaliada em R$ 100 mil no depósito da empresa Shopping Lar, localizado em frente à BR-330, quando um caminhão baú foi estacionado para levar a carga para um outro município.
Diversos materiais e equipamentos foram apreendidos (Foto: Ubatã Notícias)
Segundo explicou o delegado Lane Andrade, a quadrilha clonava CNPJ de empresas idôneas e passava a efetuar compras. Quando as duplicatas estavam perto de vencer, os estelionatários fechavam o estabelecimento e se mudavam para uma outra cidade, onde voltavam a aplicar novos golpes. A carga apreendida em Ubatã era composta de madeirites, material hidráulico, eletrodomésticos, produtos de beleza, utensílios domésticos, furadeiras, mas segundo a Polícia Civil, os estelionatários chegaram a comprar – via golpes – geladeiras, freezers e diversos outros materiais e equipamentos.

Ainda de acordo com o delegado Lane Andrade, a carga apreendida havia sido comprada em nome de uma empresa chamada Free Lar, com sede na cidade de Valente, na Bahia, e a empresa também seria vítima do golpe. Em Ubatã, os estelionatários alugaram um ponto comercial que funcionava como depósito e também contrataram uma funcionária, que segundo a apuração da polícia, é inocente. Todo o material apreendido foi conduzido à Delegacia Territorial de Ubatã e empresas vítimas do golpe estão sendo contatadas. A Polícia Civil ainda informou que trabalha na identificação dos integrantes da quadrilha. *As informações são do Ubatã Notícias