Dupla acusada de vários crimes em Ubatã morre em tiroteio com a PM


Dengo era acusado de matar uma comerciária (Foto: Ubatã Notícias)

*Do Ubatã Notícias

Dois criminosos identificados apenas pelo prenome de Dengo e Bruno tombaram em confronto com policiais militares no final da tarde desta quarta-feira (05) na Água Branca, região rural do município de Ubatã. A Polícia Militar recebeu a informação de que dois bandidos estariam na Água Branca a bordo de uma motocicleta roubada tentando praticar assaltos. Segundo informou a polícia, a Guarnição do 4º Pelotão da PM de Ubatã solicitou apoio do PETO para verificar a informação e conseguiu localizar os suspeitos. Ainda conforme a polícia, com a aproximação das viaturas, os bandidos abandonaram a motocicleta e desceram atirando contra os militares. Houve revide e os bandidos acabaram sendo alvejados. A Polícia prestou socorro e encaminhou os suspeitos ao Hospital César Monteiro Pirajá, onde foi constatado os óbitos.

Foto: Ubatã Notícias

Segundo informações da Polícia Civil, Dengo era apontado como um dos autores do homicídio da jovem Uana Soares da Cruz (ver aqui), de 29 anos, morta em 25 de fevereiro de 2019, num crime que comoveu a comunidade ubatense e repercutiu em todo o país.De acordo com o delegado Lane Andrade, que foi ameaçado de morte por Dengo e pediu a prisão do bandido, Dengo matou Uana por engano ao tentar assassinar um desafeto. Dengo ainda vinha comandando o tráfico de drogas em Camamuzinho, distrito de Ibirapitanga, e impondo toque de recolher e terror à população local. Ao Ubatã Notícias, a PM informou que tem diversos vídeos em que o suspeito torturava desafetos e pessoas que possuíam dívidas oriundas do tráfico. “Era extremamente violento, frio e calculista”, resumiu um policial. Dengo e Bruno eram suspeitos ainda de diversos homicídios, tráfico de drogas e roubos. Com a dupla, a PM apreendeu um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12 de fabricação artesanal. A ocorrência foi registrada na Delegacia Territorial de Ubatã.