Morre Sumaia Maron, descendente de um dos pioneiros de Ipiaú


Faleceu aos 30 minutos desta terça-feira, 11, no Hospital Prado Valadares, em Jequié, a senhora Sumaia Maron Nascimento, 86 anos, natural de Ipiaú, e filha do casal José Maron e Raimunda Midlej, personalidades que figuram entre os fundadores desta cidade. O corpo foi velado na Loja Maçônica fraternidade Rionovense. O sepultamento ocorreu às 17 horas no Cemitério da Saudade, também conhecido como “Cemitério Velho”. Sumaia Maron tinha 86 anos, era casada com o Isac Nascimento, também falecido, e mãe de seis filhos biológicos (Florentino Neto-Tino-, Najma, Jussiara, José Maron Neto, o popular “Zé Tapioca”, Conceição e Fauzi) e dois filhos adotivos: Vera e José Carlos. Sumaia nasceu no dia 29 de junho de 1933, ano em que aconteceu a emancipação política do município de Ipiaú. Ela se notabilizou como excelente quituteira, sobretudo na produção de quibes. (Giro/José Américo Castro)