Sucesso de público no São Pedro de Ipiaú mostra necessidade de nova área para o evento


Evento acontece na Praça Salvador da Matta (Foto: José Bittencourt)

O São Pedro de Ipiaú, edição 2019, está sendo considerado o maior da história da festa junina no município. Com uma grade que juntou o forró, o sertanejo e a sofrência, a festa, sem dúvida, reuniu o maior público já registrado no município. A PM estimou entre 25 e 30 mil pessoas só na noite de quinta-feira, 27, início da festa, quando se apresentou a cantora Marília Mendonça. Além dela, artistas consagrados na música nordestina, a exemplo de Flávio José, Saia Rodada, Tayrone, Daniel Vieira, Rasta Chinela e bandas locais, animaram as três noites na Praça Salvador da Matta.

Foto: Rahiana Costa

As polícias militar e civil, bombeiros, seguranças privadas e municipais garantiram a ordem no evento. Com exceção de furtos de celulares, nenhuma ocorrência de gravidade foi registrada no circuito da festa. A única e recorrente reclamação do público, ouvida por nossa reportagem, foi em relação ao espaço para o evento. Devido a grande proporção que o São Pedro de Ipiaú tomou nos últimos anos, percebe-se notoriamente a necessidade de um local mais amplo, sem abrir mão da segurança.

Frequentadores sugerem remoção do galpão da praça.

Sugestões de frequentadores da festa surgiram no dia seguinte a apresentação de Marília Mendonça, responsável por atrair o público recorde, circularam nas redes sociais. “Acho que deveria derrubar aquele mercadão (galpão) que fica ali no meio da praça, para ter mais espaço”, foi uma das indicações. Outra apontada pelos frequentadores foi a área da pista de cooper, conhecida como “Quadrado”. Segundo apurou nossa reportagem, a prefeita Maria das Graças já analisa alguns projetos com sua equipe. A organização da festa, agora, tem esse desafio pela frente. Findados os festejos desse ano, com sucesso, o público já está na expectativa da próxima edição do São Pedro.