Mulher é presa acusada de fazer mais de 20 empréstimos em banco com dados de pensionistas do INSS


Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma mulher de 58 anos foi presa suspeita de cometer crime de estelionato nesta terça-feira (9), após sair de uma agência bancária no bairro do Imbuí, em Salvador, depois de sacar R$ 4,8 mil de um empréstimo fraudulento. Segundo informações da Polícia Civil, a suspeita realizou mais de 20 empréstimos nos últimos dois anos. A mulher usava dados das vítimas, pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em São Paulo, e realizava a fraude na capital baiana. De acordo com a polícia, a mulher já havia sido presa em São Paulo e Santa Catarina por estelionato. A polícia apreendeu vários documentos falsos e formulários para solicitação de empréstimos, além do dinheiro. A Polícia Civil informou que a suspeita foi autuada em flagrante por estelionato e está à disposição da Justiça na delegacia da Barra.