Paralisação em obras da Fiol deve causar demissão de 300 operários em Guanambi


Cerca de 300 trabalhadores devem ser demitidos na região de Guanambi, no Sertão Produtivo, sudoeste baiano, devido à paralisação das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). A informação saiu nesta quinta-feira (12) no site Achei Sudoeste e “pegou de surpresa” os trabalhadores que acreditaram que os empregos estavam garantidos até o final do ano. Segundo relato, a empresa responsável pelas obras da ferrovia, a Valec Engenharia, teria decidido a paralisar os trabalhos nos lotes da Fiol da região por conta da não liberação de recursos do governo federal. Caso as demissões se concretizem, as consequências devem ser sentidas na economia local, em setores como o imobiliário e o de serviços.